Benefícios da educação musical para as crianças

Educação Musical
  • 7 de maio de 2021

O nosso contato com a música está desde os nossos primeiros instantes de vida, durante o nosso desenvolvimento dentro do útero.

Sim, as canções de ninar nos embalaram e, muitas vezes, nos ensinaram algumas das nossas primeiras palavras!

Conforme vamos crescendo, outros sons ajudam a nos acalmar e também nos animam nos causando sensações. A música carrega muita importância, assim como a educação musical, que pode ser introduzida desde a infância.

Acredito que o ensinamento da música desde pequeno, é extremamente importante. Durante os próximos tópicos, você confere quais são os impactos de incentivar as crianças à musicalização desde os primeiros anos de vida.

E aí, quer saber quais são os benefícios da educação musical infantil? Então, confira os pontos a seguir!

Criatividade

Não dá para ignorar que um ambiente repleto de música e sons diversos desperta o nosso lado mais frutífero, além de aflorar o senso de criação.

Com as crianças, esse processo também acontece. Dessa maneira, um cenário criativo garante que haja um desenvolvimento artístico-cultural superior.

É importante perceber que toda a sensibilidade relacionada às canções incentiva os pequenos a buscar desenvolver novos sons, melodias, letras e até resoluções.

Outro ponto de apoio que auxilia o desenvolvimento da criatividade é a necessidade da tomada de decisão rápida e o improviso, que são necessários durante os exercícios e apresentações musicais. Assim aumentando nosso raciocínio lógico.

Autonomia

Por mais que as aulas de música possam ser organizadas em turmas com crianças de diversas idades, o processo de aprendizado do instrumento musical acontece de maneira individual. Assim, a criança passa a desenvolver a habilidade de identificar as notas e treinar seus pontos de dificuldade.

Disciplina

Nem sempre a criança vai apresentar uma ótima performance em todos os exercícios propostos. Por isso, ela será desafiada a persistir na atividade e a treinar repetidas vezes até conquistar um bom resultado. É nesse processo que a disciplina do pequeno é reforçada

Lembrando que, além de insistir nos exercícios, é preciso que a criança conte com todo o seu foco e atenção, pontos que também são reforçados ao longo do processo da educação musical infantil.

Aumento da autoestima

Não há nada mais gratificante do que ultrapassar os desafios e ter resultados excelentes. Nesse processo de descobrir um novo instrumento musical e aprender a tocar uma música com ele, a criança desenvolve uma percepção de que é capaz de descobrir, criar e desenvolver resultados cada vez melhores.

Tudo isso se relaciona com a autoestima da criança, que aumenta de maneira inevitável. É importante considerar os efeitos dela ao longo da vida. Tornar-se um indivíduo com a autoestima elevada garante segurança e autoconfiança para enfrentar os desafios que surgirão pelo caminho.

Nesse ponto, vale a pena reforçar a importância do papel dos pais, dos responsáveis e de toda a família. É crucial que essas pessoas demonstrem interesse e acompanhem o desenvolvimento musical da criança.

Memória

No processo de aprendizagem de um instrumento musical, a criança passa a desenvolver diversas capacidades necessárias para apresentar um resultado positivo durante as apresentações.

Entre os vários pontos de impacto da educação musical no desenvolvimento, está a memorização. Justamente porque é preciso se lembrar da posição certa dos dedos, das combinações de notas e acordes, e em alguns casos, das letras das músicas.

Apoio ao aprendizado da matemática

Mesmo que tenha experimentado apenas um breve contato com a música, você já deve saber que ela tem relação próxima com a matemática.

Em muitos casos, a criança passa a perceber que os números podem apoiá-la no aprendizado e na compreensão das teorias musicais.

Dessa maneira, todo o estigma de que a matemática é chata ou difícil de ser compreendida some, já que a utilização constante dos números e do raciocínio lógico torna a matéria muito mais próxima dos interesses da criança.

Socialização

Em muitos casos, as aulas de educação musical da criança são feitas em grupo. Assim, o pequeno passa a se socializar com diversos outros indivíduos (da sua idade ou não, dependendo da proposta da escola).

Independentemente da idade dos seus colegas de estudo, a criança passa a se socializar e a desenvolver um senso de pertencimento com o grupo. Assim, sentimentos positivos como compreensão, proximidade e cumplicidade também progridem. Resumindo a música une as pessoas.

Coordenação motora

Considerando os movimentos corporais e o ritmo das músicas, certamente a coordenação motora da criança apresentará melhores resultados progressivamente.

Isso acontece porque o pequeno passa a compreender como cada parte do seu corpo responde e também a como controlá-las para acertar cada nota e ritmo propostos.

Melhora no aprendizado

Levando em conta que a educação infantil desenvolve a memória, o raciocínio lógico, a disciplina e a segurança (ligada à autonomia e à autoestima), fica claro que todo o processo de aprendizado da criança é impactado positiva e profundamente.

Dessa maneira, além do desempenho nas aulas de música ou de instrumentação, o pequeno passa a apresentar bons resultados de aprendizado em todos os outros cenários (como na vida escolar, nas aulas de esporte ou de idiomas).

Bom, você já deve estar convencido de que a educação musical infantil é muito importante e garante um desenvolvimento imenso as crianças, certo?

Porém, pode ser que outras dúvidas estejam pairando sobre a sua cabeça, como se existe uma idade ideal para aprender a tocar um instrumento musical e de que maneira é possível definir o melhor instrumento para incentivar o aprendizado, não se preocupe!

A primeira questão é que a música deve estar presente desde os primeiros instantes da vida da criança. Porém, para garantir o melhor aproveitamento no estudo de um instrumento musical, o ideal é aguardar até os 9 anos de idade do pequeno para começar as aulas. Mas isso não quer dizer que o contato musical e inspiracional não pode acontecer de outras formas, não é mesmo?

Sobre a escolha do instrumento, o ideal é permitir que a criança experimente algumas opções antes de escolher qual prefere. Assim você garante que o processo da educação musical sobre aquele instrumento seja natural e prazeroso para o pequeno.

Espero que tenha curtido!
Grande Abraços!

Danilo Yoshio

Comments are closed.

pt_BRPortuguese